eMail Marketing: Comprar Bases de Dados é um Disparate Porquê?

Publicado por: Fernando Lopes

Data Artigo 21-04-2014 14:15

Email_Marketing_PortugalApesar de muitos empresários e profissionais de marketing estarem cientes que a prática é cada vez menos recomendada, continuo a ficar perplexo com a frequência com que tenho de responder aos que continuam a olhar com bons olhos para este meio.

Entre os principais argumentos usados pelos profissionais de marketing digital para comprar as bases de dados de emails, é que esta táctica é menos dispendiosa, menos trabalhosa e mais rápida a ganhar tracção no marketing digital.

Bom, antes de investir nessa base de dados de email que vai fazer a magia acontecer, deixo aqui algumas sugestões para reflexão.

As Pessoas Não o Conhecem

Ao comprar uma base de dados de e-mails, vai ter em mãos vários endereços de pessoas que nem sequer conhece. Acha mesmo que enviar e-mails e apresentar a sua empresa a desconhecidos, que não demonstraram qualquer interesse nos seus produtos ou serviços vai resultar? O e-mail vai dizer algo, é marketing de conteúdo que deve ter relavância.

Estava eu a editar o rascunho deste post, e recebi (como lhe deve acontecer) um email de uma empresa da qual nunca tinha ouvido falar, não faço a mínima ideia de como ela conseguiu o meu email, e além disso, o hardware de rede que querem que eu revenda em Portugal não tem absolutamente nada a ver comigo. Qual acha que foi a impressão com que fiquei?

Qualidade das Bases de Dados de Email é Má ou Muito Má

A probabilidade de haver e-mails desactualizados e desactivados são enormes. Além disso, essas pessoas recebem muito provavelmente emails de diversas outras empresas que também compraram a mesma BD. Nesses casos, o seu email vai-se perder entre os muitos outros e provavelmente ser marcado como SPAM.

Normalmente essas bases de dados têm muitos emails que ou não existem ou já foram desactivados. Ao incluir esses emails na lista e fazer o envio, os serviços de email marketing já identificaram o “erro” e interpretam como um sinal claro de que a lista não é actual ou não tem qualidade.

Resultado: a empresa vai ser classificada com o rótulo de baixa reputação, e para os próximos envios o serviço vai usar uma infraestrutura que já está “queimada”.

Serviços de Email Marketing vão Bloquear o Envio

Como é evidente, os serviços de email marketing querem proteger os seus clientes e servidores. Uma vez que as listas compradas apresentam altas taxas de marcação de SPAM e de erros de entrega, o ranking do servidor de envio é muito afectado.

Como consequência eles proíbem a importação de listas compradas, garantindo assim a reputação e qualidade na entrega. Portanto, ou o serviço não vai autorizar o envio, ou então autoriza tudo, mas como consequência já deve ter uma reputação tão má nos fornecedores de email, que a entregabilidade vai ser muito baixa.

À boa maneira Portuguesa, há quem acredite que pode dar a volta a essas ferramentas, dizendo que a lista é própria e não comprada. Acontece que, os verdadeiros serviços de email marketing têm mecanismos para identificar issas situações - o envio de email é feito em pequenos lotes, e se os resultados forem maus a campanha é automáticamente interrompida.

Dica: Segundo a HubSpot, 22% dos contactos nas bases de dados de email ficam desactualizados todos os anos. Se tem uma base de dados com uns milhares de emails, use a ferramenta www.briteverify.com para verificar e limpar a lista de email antes do envio. 

Concluíndo

É certo que nas estatísticas do marketing digital, os números continuam a indicar que o e-mail marketing continua a ser uma táctica bem eficaz. O que deve perceber é que ela é aplicada numa fase diferente do funil de marketing, e pressupõe sempre a criação de bases de dados de e-mails qualificadas, com pessoas que tenham um real interesse nos seus produtos ou serviços.

Formas de Multiplicar o Lucro do seu Negócio

Autor: Fernando Lopes

"Eu tenho 3 amores... que em nada são iguais": Família, Inbound e surf. Se não estiver na água e/ou com o meu filho - estou a ajudar uma empresa B2B a criar a máquina para crescer de forma rápida e sustentada com SMarketing=Sales+Marketing.

Descubra-me no: