Tudo o Que Deve Saber Sobre o Novo Algoritmo Google Mobile

Publicado por: Fernando Lopes

Data Artigo 28-04-2015 15:35

iWatch_NHoFoi a 21 de Abril de 2015, a data em que a Google actualizou o algoritmo para responder aos dispositivos móveis.

De um dia para o outro, com o novo algoritmo Google Mobile muitos dos websites que foram apanhados desprevenidos (leia-se com responsáveis distraídos) passaram da primeira página dos resultados de pesquisa em equipamentos móveis, para as páginas secundárias, aquelas que não interessam a ninguém.

Faça um teste no seu equipamento portátil. Na imagem abaixo pesquisei "inbound ou outbound qual o melhor" e veja os resultados. Na primeira página só aparecem resultados que incluem a indicação assinalada - Mobile-friendly. Agora vá para a segunda, terceira página e por aí fora. Vai reparar que não vai ser fácil chegar aos que não estão preparados para esta actualização.

Pesquisa Móvel em Smartphone

A verdade é que, teorias da conspiração e big-brothers à parte, os mais atentos percebem que a Google é um negócio, com clientes e utilizadores que usam cada vez mais os equipamentos móveis.

Tal e qual como as actualização ao algoritmo Panda ou Pinguim, esta actualização tem como preocupação a experiência dos utilizadores. A diferença da actualização móvel do Google é que, em teoria, é direccionada a todos os sites na Internet (estejam estes adaptados para equipamentos móveis ou não).

A Experiência do Utilizador Primeiro

Para os mais atentos ao marketing inbound, saber que o website deve estar preparado para a melhor experiência possível dos utilizadores de aparelhos móveis, não é nada de realmente novo. O tema está na agenda dos profissionais de marketing há muito tempo. Com esta nova actualização, o objectivo da Google parece ser o de forçar os profissionais menos atentos, a adoptarem formas de fornecer informações e resultados de pesquisa orgânica mais relevantes aos seus utilizadores.

Para ter uma ideia mais clara veja o comunicado da Google:

“A partir de 21 de Abril, o nosso algoritmo vai dar mais importância a websites de fácil utilização nos equipamentos móveis (mobile-friendliness), sendo este um factor importante no ranking dos sites neste ambiente. Esta alteração irá afectar as pesquisas móveis em todas as línguas em todo o mundo e terá um impacto significativo nos resultados de pesquisa no Google. Consequentemente, as pessoas terão mais facilidade em encontrar resultados relevantes, de alta qualidade de pesquisa, que estarão optimizados para os seus dispositivos“

O facto é que o objectivo da Google é claramente simples. A Google quer melhorar a experiência de pesquisa, e para isso, precisa de garantir que entregam o conteúdo relevante e de mais alta qualidade e que ele está optimizado para dispositivos móveis. Afinal onde está a surpresa?

Se prestou atenção, durante o último ano provavelmente sua empresa está mais preparada para esta actualização do que você imagina. Você está produzindo melhores conteúdos, está envolvida com as redes sociais e não está envolvida com spam, está no caminho certo. Nada pode desfazer todo este bom trabalho.

Nota: Se o seu wesite, páginas de destino, e blog estão feitos na ferramenta de CMS da HubSpot (COS), esqueça o assunto que não tem de se preocupar. O COS da HubSpot usa responsive design para adaptar o website a qualquer dispositivo móvel passando o teste do novo algoritmo da Google na perfeição. Se tem o website noutro sistema ou as páginas de aterragem estiverem noutra ferramenta de automação de marketing, a resposta já não é tão clara assim. Tudo vai depender de como o website foi desenvolvido.

Veja se o Seu Website é Google Mobile

Teste o seu website com a ferramenta da Google. Ela vai fazer uma análise a cada um dos URL´s que colocar e vai-lhe dizer se o seu website sofre ou não penalização. Se passar o teste com distinção, terá uma mensagem como esta: 

Teste_Mobile-Friendly_NHo

Se tem o website, páginas de aterragem ou blog em plataformas diferentes teste cada uma dessas páginas para ter o relatório completo.

Se lhe correr mal, vai ter um resultado como este a seguir:

Teste_Mobile-Friendly_Mau

A boa noticia é que a própria Google lhe dá algumas instruções quanto aos procedimentos a tomar para optimizar o website para mobile.

O Que Fazer se Website Não Estiver Preparado

Caso o seu website não esteja optimizado para o novo algoritmo para dispositivos móveis, é importante que faça algumas mudanças. Mesmo que tenha as melhores páginas do mundo, se não estiverem optimizadas para mobile a queda é inevitável.

Para contornar a situação a Google aponta três configurações como "mobile friendly", são elas:

  1. Responsive Design - É a recomendada pela Google e a aplicada pelos sites em HubSpot. Sendo o mesmo website que se adapta ao equipamento automaticamente. 
  2. Dynamic Serving - É uma técnica que mantendo o URL detecta o tipo de equipamento e de forma dinâmica apresenta a página indicada.
  3. Mobile Website - Este é o método mais antigo, que apesar de tudo ainda funciona, mas implica a criação de um website separado para mobile.

Resumindo

Nos ultimos anos sempre que se fala de alterações ao algoritmo da Google soam os alarmes dos donos de PME´s e Microempresas. A verdade é que normalmente essas mudanças beneficiam os empresários e responsáveis de marketing que seguem as boas práticas, e o principal beneficiado é o utilizador dos motores de pesquisa. O novo algoritmo google mobile não é excepção.

Manter o seu site actualizado e optimizado para que os potenciais clientes satisfaçam da melhor maneira todas as necessidades, reduz o atrito no site, melhora a experiência de compra, e acaba por levar ao negócio mais conversões e vendas. A verdade é que no final todos ficam a ganhar.

ABC do Marketing Digital para PME

Autor: Fernando Lopes

"Eu tenho 3 amores... que em nada são iguais": Família, Inbound e surf. Se não estiver na água e/ou com o meu filho - estou a ajudar uma empresa B2B a criar a máquina para crescer de forma rápida e sustentada com SMarketing=Sales+Marketing.

Descubra-me no:

Tópicos: Website e WebDesign