Porque é que a Conversão é Mais Importante que as Vendas

Publicado por: Fernando Lopes

Data Artigo 12-07-2013 11:43

OK, o titulo pode parecer um pouco provocatório.

Claro que a questão não é se as taxas de conversão são ou não mais importantes que as vendas, tanto que elas existem precisamente para melhorar as vendas.

A questão é que você gastou o seu dinheiro num site bonito, gastou mais um tanto em anúncios no Facebook ou Adwords, e está a puxar pelo social media como ninguém.

Mas, ainda assim, não está a ver resultados - porquê?

Taxa de Conversao

A questão é que temos uma tendência a colocar as tácticas para o sucesso das vendas em grandes fatias, e esquecemo-nos frequentemente que o caminho para o sucesso nem sempre é feito por auto-estrada. 

Há pequenas coisas que temos de aprender a interpretar, e por a funcionar a nosso favor. 

Não é só o facto de que "se converter o dobro = vai ter o dobro do lucro". Isto porque, se não fizer mais nada, os seus custos de marketing não vão aumentar e a maioria dos seus custos fixos no negócio vão aumentar a uma taxa mais baixa - isto porque uma maior taxa de conversão vai permitir um grande conjunto de benefícios, nomeadamente:

  • Passar no PPC para os 3 primeiros lugares, que recebem 90% dos cliques

  • Aumentar o envolvimento de visitantes e leads

  • Tornar o negócio mais atraente para parceiros, afiliados e joint ventures

  • Permitir ultrapassar concorrentes para o espaço com maior taxa de clicks

  • Tornar o SEO mais eficiente com o retorno em termos de custo

  • Trazer mais dinheiro, que pode ser usado a estudar formas alternativas de marketing

O Marketing Digital Deve Guiar os Visitantes 

O envolvimento do Visitante é fundamental para que qualquer empresa/ negócio seja capaz de obter um crescimento considerável na sua presença no mundo virtual e consequentemente nas vendas.

O primeiro passo desse processo de envolvimento consiste no simples facto do visitante sentir interesse em preencher um formulário ou comprar um produto. Na presença virtual temos obrigatoriamente de saber como direccionar esses Leads para uma conversão satisfatória.

Nesta primeira fase em que queremos que a presença on-line do negócio direccione os Leads de forma a gerar vendas, temos de perceber como funciona o processo de compra que os leva até a fase efectiva de conversão. Por isso, uma monitorização detalhada, com o objectivo de identificar de onde os Leads vieram, por exemplo, se o interesse foi despertado a partir de uma campanha no Twitter ou outra rede social.

Além disso, o monitorização das conversões nas redes sociais deve incluir qualquer informação que possa contribuir para que a presença online alcance os resultados esperados.

Depois de identificar os factores que influenciam o sucesso a converter, é importante que a equipa responsável pela monitorização utilize as informações para a elaboração de estratégias que tenham em consideração esses resultados.

Para perceber melhor o comportamento dos Leads, é importante que a empresa faça alguns testes, pois nem todas as medidas funcionam como o previsto. Assim, é possível encontrar formas de melhorar as acções de conversão, e atingir os potenciais consumidores antes da concorrência.

Por fim, é necessário optimizar o caminho para converter. Garantir que qualquer pessoa com acesso à web possa comprar produtos e serviços de forma fácil, afinal, não adianta oferecer os melhores produtos a preços acessíveis se o caminho para converter não é simples, o que pode prejudicar a compra.

Sendo assim, testar diversos tipos de call to action, é uma das soluções para que o utilizador tenha opções mais práticas, e ser levado à compra.

Para saber mais sobre o raciocinio para converter mais, descarregue o ebook. 

Como Multiplicar o Lucro do seu Negócio

 

Autor: Fernando Lopes

"Eu tenho 3 amores... que em nada são iguais": Família, Inbound e surf. Se não estiver na água e/ou com o meu filho - estou a ajudar uma empresa B2B a criar a máquina para crescer de forma rápida e sustentada com SMarketing=Sales+Marketing.

Descubra-me no:

Tópicos: Estratégias de Comercialização, Pipeline de Vendas, Vendas Inbound, Inbound Marketing