Qual a Alternativa às Feiras para a Internacionalização das PME?

Publicado por: Fernando Lopes

Data Artigo 15-01-2013 14:25

Feiras_no_marketingAs feiras são muito caras para si? Se costuma medir as suas acções de marketing internaional, é bem provável que já se tenha apercebido que, caso tenha tido sorte, o Marketing de massas lhe deu uma taxa de resposta na ordem dos 2%.

Por outro lado, as taxas de conversão do Inbound Marketing podem ser 10x mais elevadas ou mais. Isso acontece porque os potenciais interessados têm tendência a responder de forma bem mais positiva a conteúdo, isto claro, se ele for valioso, útil e educacional.

Mais do que nunca, os orçamentos para o marketing outbound (publicidade paga em meios) tem-se deslocado para o inbound marketing (exposição ganha em meios com conteúdo original).

De acordo com o estudo de 2012, um terço dos responsáveis de marketing dizem que mais de metade dos seus orçamentos mudaram do marketing tradicional para o digital no ano passado.

Inbound Marketing Ganha Tracção

      Fonte: State of Inbound Marketing 2012

As Feiras e o Inbound Marketing

Para muitas empresas, principalmente empresas que procuram a internacionalização e exportação, estar presente numa feira representa uma das oportunidades de marketing mais valiosas do ano. Para a internacionalização das PME esse é o caminho mais evidente.

E é bom que seja. Normalmente, a presença numa feira ou evento, representa para o orçamento de marketing uma das iniciativas mais caras e consumidoras de recursos de todas.

A questão e esta:

Há Alternativa às Feiras?

Sim, mas.

Se utilizar todas as ferramentas de inbound marketing e social media que tem à disposição, pode ajudar a solidificar a ligação a partir da presença no mundo real, para os canais de marketing digital.

Se optar por manter "aquela feira", estas tácticas continuam a garantir que vai criar buzz à volta do evento, maximiza o número de visitantes ao stand da empresa e mantém o relacionamento para além dela, uma vez que com o passar do tempo, o brilho do evento se desvanece e assim mantém as perspectivas de avançar com as leads ao longo do funil até ao fecho da venda.

Acontece que, uma ligação eficiente entre a feira e as redes sociais começa muito antes do evento. Deve portanto garantir que tem uma presença já estabelecida nas redes sociais muito antes da feira e sabe que websites usar, quando, e qual o conteúdo que vai lá postar.

Uma ferramenta de inbound marketing como a HubSpot, não deixa ficar as pontas soltas, antes, durante e depois de cada feira. Ela vai ajudar a preencher aquela lacuna entre o mundo real e o mundo virtual, e fortalecer as relações das leads para concretizar a venda e para além disso, a próxima venda, o upsell e o cross-sell.

Se tiver de escolher uma só feira, escolha aquela que funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

E Agora?

Se acha que mantendo as coisas como elas estão, continuar com o seu marketing mix, gerar o mesmo tipo de leads e a fazer o mesmo número e tipo de clientes o vai manter no negócio nos próximos 5 anos parabéns.

Se quer perceber como pode mudar as coisas contacte-nos.

New Call-to-action

Autor: Fernando Lopes

"Eu tenho 3 amores... que em nada são iguais": Família, Inbound e surf. Se não estiver na água e/ou com o meu filho - estou a ajudar uma empresa B2B a criar a máquina para crescer de forma rápida e sustentada com SMarketing=Sales+Marketing.

Descubra-me no:

Tópicos: Exportação e Internacionalização, Campanhas de Marketing, Inbound Marketing